Richard Gere: um pegador das antigas

Saiba tudo sobre o ator que tem o poder de hipnotizar a mulherada

richard gere

Há um tempo atrás, se você perguntasse a qualquer gata da época quem era o famoso mais sexy do mundo, muitas responderiam Richard Gere na mesma hora. O astro fazia o maior sucesso tanto nas telas quanto no coração delas.

O que não dá para negar é que o americano tem jeito com a mulherada. Até hoje, mais velho, elas caem em cima do cara. Se você quer saber como ele consegue e está a fim de conhecer tudo sobre Richard Gere, confira com a gente. Veja tudo sobre o ator.

Papai 69

richard gere

Parece nickname de sala de chat, mas é o feito mais recente do próprio homem. Com nada mais nada menos do que 69 anos, completados no dia 31 de agosto, o cara terá o seu segundo filho. Nada mal, hein? Não é para qualquer cara esse negócio de ter filhos com essa idade, mas Richard Gere não é qualquer cara.

Com a novinha

richard gere e esposa Alejandra Silva

A mãe da criança é a bela loira Alejandra Silva, famosa empresária e ativista espanhola. Uma galega de 25 anos que parece ter se amarrado em conquistar o conquistador. A loiraça está com o ator desde 2014 e se casou com Richard Gere numa cerimônia budista no início de 2018.

Pegador de carteirinha

richard gere e julia roberts

Alejandra é apenas a mais recente da longa lista de conquistas do galã de Hollywood. Ao longo de sua extensa carreira no cinema, ele foi pegando geral. Inclusive, Richard Gere foi casado por quatro anos com a supermodelo e super gata Cindy Crawford.

Além disso, não foi só durante o filme Uma Linda Mulher que Gere ficou com Julia Roberts. Ele e a deliciosa atriz tiveram um baita caso fora das telonas. Algumas das muitas outras que estão na lista de contatinhos dele são: Diana Ross, Carole Mallory, Barbra Streisand, Kim Bassinger, Carey Lowell, Tina Chow e Dalila Di Lazzaro.

Uma linda conta bancária

Além de um conquistador nato, o cara também nada em um mar de dinheiro. Com uma carreira de mais de 40 anos na indústria do cinema, o astro tem 120 milhões de dólares (R$ 455 milhões) como fortuna estimada. Essa grana foi construída ao estrelar filmes como Uma Linda Mulher, Gigolô Americano, Chicago e A Força do Destino.

Mas não pense que ele guarda o dinheiro só para si, o cara é um grande ativista e investe boa parte em causas sociais, como a da erradicação da AIDS e dos direitos humanos de diversas tribos indígenas pelo mundo.

Budista

richard gere e dalailama budismo

Um dos seguidores mais célebres da religião, Richard Gere converteu-se ao budismo ainda na década de 1970. Em 1978, viajou com sua esposa na época para o Nepal com o intuito de conhecer monges tibetanos e lamas.

Ele é um apoiador ativo de Dalai Lama, visita regularmente o Dharamshala, além de praticar o budismo tibetano da escola Gelugpa. Por conta de toda a sua ligação com a crença, ele se tornou um dos defensores dos direitos humanos no Tibete.

Brasileira

richard gere e brasileira Sylvia Martins

Vale uma curiosidade interessante, entre as muitas mulheres de Richard Gere está uma brasileira. Se trata da artista plástica Sylvia Martins que, inclusive, foi quem o acompanhou em sua viagem pelo zen budismo.

Se arrependimento matasse…

richard gere novo

Alguns papéis clássicos do cinema foram recusados por Richard Gere antes de caírem no colo de outros atores. Apesar de ser conhecido por papéis românticos, sua carreira poderia ser bem diferente caso não tivesse deixado de lado a chance de fazer o protagonista do filme Duro de Matar, papel que acabou indo para Bruce Willis. Consegue imaginar Gere como herói de ação?

Outra famosa recusa do ator foi a do papel principal no filme Wall Street – Poder e Cobiça, pelo qual Michael Douglas venceu o Oscar.

Problemas com o Oscar?

richard gere oscar

Apesar de ter recebido indicações aos outros grandes prêmios da indústria do cinema, Richard Gere jamais recebeu qualquer indicação ao Oscar em sua carreira de mais de quarenta anos. Muitos dizem que seu banimento se deu por conta de sua posição política a favor dos direitos humanos no Tibete enquanto apresentava a premiação de Melhor Direção de Arte no Oscar de 1993.

Talvez seja só uma questão da Academia demorar a perdoar, pois vinte anos depois, em 2013, ele voltou a participar da maior premiação do cinema. Não como indicado, mas como apresentador da categoria Melhor Trilha Sonora Original.

Tá com inveja da potência do velhinho? Queria ser pegador assim? Ou preferia ter todos aqueles milhões na conta? Deixe seu comentário sobre o papai Gere aqui embaixo.

RESUMO DO REVIEW
Beleza
Popularidade
Fama com as mulheres
Fortuna