13 dicas pra quem quer um relógio na lista de acessórios

Afinal, nada combina melhor com a nossa correria do dia a dia

Veja bem, para quem nunca usou, se adaptar a usar um relógio pode não ser a coisa mais simples de se fazer. Mas os amantes deste acessório utilitário não conseguem mais se ver livres dele. É só tirar seu companheiro diário do pulso para vir uma sensação de vazio, de nudez, como se estivesse faltando alguma coisa.

Se você quer dar uma alavancada no visual e está sentindo falta de alguma coisa, o mostrador de horas pode ser toda a diferença. Só que, para quem não tem esse costume, podem surgir muitas dúvidas na hora de começar a usá-lo.

Sendo assim, acerte os ponteiros, porque temos 13 respostas para as dúvidas mais comuns acerca de relógios:

1- Como começar?

É simples, basta querer. Dê uma boa pesquisada, veja nossas respostas e depois procure por um ou dois relógios que se adequem ao seu estilo. O mais importante é ter vontade e saber que um relógio, se bem usado, pode fazer toda a diferença.

2- Em que pulso?

O usual é usar o relógio no braço esquerdo. Mas quem somos nós para cagar regra? Se você se sentir mais confortável usando no outro pulso, vá lá e faça. O importante é se sentir bem.

3- Para quê, se eu já tenho celular?

A questão não é simplesmente ver as horas. A ideia é não deixar seu braço nu quando ele pode te ajudar a dar vida e estilo ao visual.

4- Que tipo de pulseiras e fechos?

Fica a sua escolha. Há quem prefira couro, há quem prefira aço. Há quem prefira com o fecho estilo cinto, há quem curta mais o de encaixe. O importante é escolher o que mais tiver a ver com você.

5- Pode usar acompanhado de outras pulseiras?

Definitivamente sim! Com cuidado para não exagerar, claro. Uma pulseira junto com o relógio já dá conta do recado.

6- Não sei ver as horas, como eu faço?

Não precisa se desesperar, o wikihow pode te ajudar.

7- Digital ou com ponteiros?

Depende do que você quer passar. Para um ar mais adulto, sério ou sofisticado em geral o de ponteiro é mais indicado. Para quem quer se mostrar mais relaxado, ou até mesmo prático, talvez um digital combine bem.

8- Pode usar com o mostrador para dentro do pulso?

Você já percebeu que é quase uma Lei de Gil quando se trata do assunto. A parada é confiar no bom gosto. Se para ver as horas fica melhor dessa forma, tudo bem. Mas é importante ressaltar que pode trazer um certo estranhamento ao visual — e como relógios agora são mais adereços estilosos do que qualquer outra coisa, talvez não seja a melhor opção.

9- Precisa ser um Rolex?

Se puder ser, tanto melhor. Por outro lado, é difícil usar um relógio tão caro no dia a dia. Nem por isso a resposta é usar um de camelô. Vá no meio termo que não tem erro.

10- Precisa ser um AppleWatch?

Primeiro você precisa ter um iPhone. Tem? Legal, então um relógio da Apple pode ser útil, além de ver as horas, é claro, você também recebe notificações de mensagens, e-mails e até atende ligações no seu pulso. Pra se ter ideia, a Apple já vende mais relógio do que a Rolex, orra!

11- Justo ou folgado?

Provavelmente se ele for folgado demais vai escapulir ou incomodar. E justo demais vai prender a circulação e doer. Sendo assim, ajuste seu relógio para não ir mais longe do que a três dedos do seu pulso, não esqueça de mandar diminuir a pulseira se necessário for.

12- Estilo Faustão?

Oh, louco, bicho! Pode usar relógio gigante, sim. Só cuidado se você for um cara mais franzino para não parecer estar por aí com um morfador dos Powers Rangers ou um relógio do Ben 10.

 

13- Vale relógio de bolso?

Valer, com certeza até vale. Será um estilo totalmente diferente e pode trazer um ar todo tradicional ao visual. Só que algumas questões entram nessa equação. Em primeiro lugar, ver o relógio de bolso não é tão diferente de puxar o celular para ver a hora. Além disso, ele não vai adornar seu pulso e aumentar imediatamente o visual.

Comentários

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO